Lixo que vira arte com Vik Muniz no Jardim 2B


Neste semestre as crianças do jardim 2 B manhã e tarde estão trabalhando com releituras do artista Vicente José de Oliveira Muniz. Ele nasceu em São Paulo no dia 20 de dezembro de 1961, hoje ele é mais conhecido como VIK MUNIZ. Suas obras são valorizadas no mundo todo, ele é um talento criativo e apaixonado por ícones visuais. Ao longo de sua carreira realizou algumas exposições na Flórida, Miami, Montreal, Nova Iorque, México, Canadá, Austrália e Rio de Janeiro.


Sua marca registrada é a fotografia de trabalhos realizados a partir de técnicas variadas e materiais inusitados.  Vik Muniz usa, nas suas obras, elementos como algodão, chocolate, açúcar, arame, terra, barbante, especiarias, sucatas em geral, gel, mel, poeira e muitos outros objetos, e de uma maneira criativa produz obras que impressionam pela inovação e mais ainda pela técnica.


Entre suas mais famosas criações estão a Mona Lisa feita de pasta de amendoim, o Che Guevara desenhado em geleia, o soldado criado com soldadinhos de plástico e o retrato de Elizabeth Taylor montado com centenas de diamantes. Porém recentemente, Vik surpreendeu o mundo da arte com a série de imagens feitas a partir de lixo, este trabalho foi registrado em um filme: “Lixo extraordinário” (O documentário concorreu ao Oscar em 2011 e mostra um projeto do artista plástico Vik Muniz no maior aterro sanitário do mundo, Gramacho, no Rio de Janeiro. O filme conta como foi a experiência do artista Vik Muniz ao fazer arte com lixo e transformar a vida de um grupo de catadores). A ideia da professora Nathalye ao trazer as obras do Vik Muniz foi mostrar para as crianças que existe uma variedade enorme de matérias para se fazer uma obra de arte, não somente tinta e pincel.


As crianças amaram e fizeram lindas obras com sucatas e outros matérias!












































Nenhum comentário

Voltar para o Topo