Projeto: o que tem no jardim? - Maternal B


Em  nossa escola, temos um belo jardim, por onde as crianças do maternal passam várias vezes ao dia. Observando-os, percebemos o interesse que os alunos demonstravam ao passar por ele, queriam tocar nas flores, mexer na terra e se encantavam quando viam uma formiguinha passeando. Assim
aproveitando a curiosidade dos pequenos, realizamos um projeto sobre "O que tem no jardim?" Neste projeto, eles exploraram o jardim, descobriram como cultivar a terra, como nascem as flores, quais bichinhos vivem no jardim, o que comem, etc.



Ao visitar o jardim, conversamos sobre a terra, e sobre sua importância para o crescimento da plantação de vários alimentos e flores. Assim, a terra foi diretamente do jardim para a sala de aula, onde as crianças puderam manuseá-la e depois, fazer colagem com este material, os alunos adoraram a bagunça!



A turminha descobriu também as partes das flores, desde a raiz, passando pelo caule, folha, semente e pétalas. Descobriram como devem ser plantadas e cultivadas. Para essa vivência ser mais significativa, o maternal visitou o jardim e manuseou as flores e puderam conhecer as sementes de girassol. Para registrar esta atividade, a turminha fez colagem com moldes de flores e também de pétalas de girassol.



A professora trouxe também para a roda de conversa, diferentes folhas de plantas para que os alunos pudessem manuseá-las, sentir a textura, ver as diferentes cores e tamanhos, após o manuseio, os alunos fizeram uma linda colagem de folhas.



Ao trabalhar os bichinhos de jardim as crianças ficaram curiosas com as minhocas e ao final do estudo através das pesquisas, fizemos um "palitoche" de minhoca para colocar no jardim da escola e levar para casa.



Ao final do projeto, retomamos tudo o que foi trabalhado e a turminha confeccionou uma linda jardineira de garrafa PET para levar para casa. O projeto foi um sucesso, percebemos o quanto neste tipo de projeto as crianças adoram conhecer a natureza e sua perfeição.

Professora Juliana Lauro





































































































































































Nenhum comentário

Voltar para o Topo