Muita história pra contar no Mini-maternal


Ouvir e ler histórias é entrar em um mundo encantador cheio de mistérios e surpresas, sempre muito interessante, curioso, que diverte e ensina. É na relação lúdica e prazerosa da criança com os contos de fadas que temos uma das possibilidades de formarmos o leitor. É na exploração da fantasia e
da imaginação que se instiga a criatividade e se fortalece a interação entre texto e leitor.



Os contos estão envolvidos no mundo das crianças e partem de uma situação real e concreta, para proporcionar emoções e vivências significativas. Neste gênero aparecem seres encantados e elementos mágicos pertencentes a um mundo imaginário que todas as crianças se encantam. Por meio de linguagem simbólica dos contos, a criança vem a construir uma ponte de significação do mundo exterior para seu mundo interior, aprendendo valores, refletindo sobre suas ações, desenvolvendo seu senso crítico, sua criatividade, sua expressão e linguagem.





Cada vez que a criança ouve histórias de faz-de-conta, dá vazão às próprias emoções e pode vivenciar diversos papéis, pois a linguagem simbólica, não verbal dos “Contos de fadas”, comunica-se diretamente com o imaginário da criança, fazendo-a perceber que os problemas existem, mas que eles devem ser enfrentados e podem ser sempre solucionados.



Com isso, iniciamos nosso projeto com uma atividade bem interessante. Pedimos para que os pais enviassem para a escola materiais que tivessem em casa sobre os contos que iriamos trabalhar. As crianças trouxeram livros, bonecas e adornos de princesas, impressos de internet com figuras dos
personagens dos contos e muitas outras coisas interessantes. Disponibilizei todo esse material para as crianças na hora da roda de conversa, contamos as histórias que as crianças escolheram e eles ficaram encantados com esse mundo mágico dos contos. Em seguida, começamos a trabalhar os contos preferidos que as crianças escolheram.




Primeiro foi a história“Os Três Porquinhos”. Montei um teatrinho de fantoches e contamos a história na roda, fiz uma linda máscara de porquinho para cada criança e assim fiz com que eles se sentissem parte da história. Eles adoraram o teatro! Depois trabalhamos a história da “Chapeuzinho Vermelho”, onde me fantasiei de Chapeuzinho e levei para a roda uma cesta cheia de doces, como na
história. As crianças do mini ficaram encantadas ao ver a professora vestida daquela forma, e para ficar mais interessante ao final coloquei a fantasia nas meninas e os meninos seguraram o lobo, todos adoraram comer as balinhas da Chapeuzinho.




Na história da “Cachinhos Dourados” fizemos uma aula de culinária diferente e deliciosa. Primeiro na hora de conversa contei a história para os pequenos do mini, em seguida mostramos os ingredientes do delicioso Mingau que aparece na história da Cachinhos. Colocamos nossas toucas e lavamos nossas mãos. As crianças adoraram preparar o mingau de morango, e na hora de degustar foi uma festa só, as crianças acharam muito interessante saber que a Cachinhos e os Ursos adoravam comer mingau também e comeram tudo!



A história preferida e mais empolgante foi a “Branca de Neve”. Nossos pequenos entraram no clima e fizemos um maravilhoso teatro na nossa sala. Fantasiei-me de Branca de Neve e as crianças eram meus Sete Anões. Interpretamos a história da nossa forma, cantamos a música dos Sete anões e fizemos de conta que entramos na Mina para procurar diamantes como na história de verdade. As crianças se divertiram e aprenderam demais, e puderam ir vestidos para casa de anõezinhos.



Para finalizar o nosso Projeto “Era uma vez”, preparamos um lindo cenário de castelo para receber as crianças que vieram fantasiadas de príncipes, princesas, porquinhos, lobos, etc. Na roda de conversa nós pudemos ter a oportunidade de rever as histórias trabalhadas durante todo o projeto e em seguida eles puderam participar de um delicioso Baile de Fantasias.



Com criatividade e o apoio dos Pais conseguimos atingir todos os nossos objetivos com as crianças do Mini Maternal que eram os Estimular a oralidade,ampliar o vocabulário,identificar os personagens e os animais dos contos, como: príncipes, princesas, reis, rainhas, fadas, porquinhos, lobos, anões, bruxas, etc., desenvolver a imaginação e a criatividade,desenvolver a coordenação motora através de atividades de imitação, desenvolver a percepção auditiva e a percepção Visual.



































































































































Nenhum comentário

Voltar para o Topo