Trabalhando com emoções no Maternal A


“Falar sobre os sentimentos ensina a criança que, de vez em quando, é normal sentir-se triste, zangada ou assustada. Com uma tolerância maior em relação aos sentimentos mais dolorosos, a criança torna-se livre para desfrutar seu mundo, para sentir-se segura com suas habilidades e ser feliz. E crianças felizes têm autoconfiança necessária para lidar com as dificuldades e também para libertarem-se da insegurança e, assim, ficarem abertas para a vida e todas as suas possibilidades.” (Melbourne, psicóloga infantil, 2005)

Trabalhar as emoções, envolve delicadeza e percepção por parte do adulto. É preciso estar atento, para entender o que as crianças estão sentindo. Como fazer a criança reconhecer seus sentimentos?



A criança está triste, agitada, ansiosa, enfim… Perceber qual a necessidade de cada um é o maior gesto de carinho que podemos oferecer. Ouvindo, valorizando e ajudando-o a compreender o que sentem. Desta forma trabalhamos em sala de aula o respeito ao próximo, o carinho e afetividade com todo o grupo.



Buscando aperfeiçoar e acolher os pequenos do maternal A, realizamos uma atividade onde os alunos puderam descrever o que a criança da plaquinha estava sentindo e quais os motivos os deixariam tristes, felizes ou bravos. Nos encantamos com as expressões que cada aluno representou durante a atividade.








































Nenhum comentário

Voltar para o Topo