Pista de Carrinhos no Jardim 2 A da tarde



Existem muitas formas de conceber e trabalhar com a matemática na Educação Infantil. A matemática está presente na arte, na música, em histórias, na forma como organizamos o pensamento, nas brincadeiras e jogos infantis. Uma criança aprende muito de matemática, sem que o adulto precise ensiná-la.


Descobrem coisas iguais e diferentes, organizam, classificam e criam conjuntos, estabelecem relações, observam os tamanhos das coisas, brincam com as formas, ocupam um espaço e assim, vivem e descobrem a matemática.


Contudo, é importante pensarmos que tipo de materiais podemos disponibilizar para as crianças a fim de possibilitar-lhes tais descobertas. Podemos pensar a matemática a partir de uma proposta que permita à criança criar, explorar e inventar seu próprio modo de expressão e de relação com o mundo. Tudo o que temos que fazer é criar condições para que a matemática seja descoberta, oferecer estímulo e estar atentos às descobertas das crianças. Assim, a turma do Jardim 2 A (tarde) realizou uma atividade bem divertida: O jogo da pista. Como regras, eles tinham que jogar em duplas cada um com o seu carrinho, e prosseguir em cada casinha de acordo com o dado jogado, indo de casinha em casinha até a chegada. Ganha quem chegar primeiro.




Durante o percurso, as crianças tinham que memorizar os números, pois para ganhar a vez de jogar os dados, tinham que falar o numero que o carrinho parou, o que proporcionou um aprendizado lúdico e contextualizado.


















Nenhum comentário

Voltar para o Topo