Instituto Infantil Cordeirinho

terça-feira, 16 de junho de 2015

Chuvinha de Papel no Berçário

Revistas e jornais velhos. A turma toda, sentados em roda, no chão. Á nossa volta, uma pilha de revistas e jornais picados. Qual o resultado? Diversão e farra garantidos. É o momento de permitir que todos manipulem e rasguem as páginas livremente e que a seguir, juntamente com as professoras, juntem os papéis picados num monte e jogue tudo para o alto...

Um misto de alegria e surpresa, resultando em uma rica brincadeira nesta fase de descobertas.

Essas brincadeiras exigem uma boa dose de organização e independência. Estar em grupo implica em compartilhar, em negociar os diferentes papéis de cada um, em cooperar em conjunto para criar uma diversão agradável para todos. 

Este é o momento deles! Este é o momento de brincar! De vivenciar todas as possibilidades! E por que não?...."O caixote pode virar carro, a estrada pode ser feita num chão de giz...No minuto seguinte o caixote vira barco, o menino de lenço amarrado seu pirata, e nem mesmo uma hora é passada, o barco vira foguete, os bonecos de argila são marcianos, e o papel picado... vira chuva derramada." 

(trecho extraído do site www.tabladinho.com.br/AEscDia.shtml)

Professoras Virginia  e Fabiana & Equipe do Berçário da Unidade II

segunda-feira, 15 de junho de 2015

Pintura no espelho do Maternal B

A arte para a Educação Infantil propicia o desenvolvimento do pensamento artístico. Por meio dela, a criança amplia a sensibilidade, a percepção, a reflexão e a imaginação.

Aprender Arte envolve, conhecimento, apreciação e reflexão sobre as formas, cores e sobre as produções artísticas individuais e coletivas.


Fizemos com a turminha do maternal B pintura no espelho! Essa técnica de pintura permite o desenvolvimento do lúdico, o reconhecimento do seu próprio corpo e suas características.


Antes da atividade a professora explicou como seria realizada a pintura.


As crianças vestiram a camiseta de pintura e foram até a sala de espelhos.


Chamamos a atenção para suas características físicas e dos amigos também, após esta atividade de observação começamos a pintura usando tinta guache e pincel no reflexo do espelho.


quinta-feira, 11 de junho de 2015

Projeto Lagartos no Jardim 2 B

O segundo projeto do jardim 2 B foi escolhido através de pesquisas que os alunos trouxeram sobre o que queriam aprender. Dentre todos os temas trazidos, o que mais chamou atenção e aguçou a curiosidade da turma foram “Os lagartos”.

Durante os estudos sobre os lagartos, descobrimos que os lagartos precisam aumentar a temperatura de seus corpos antes de começarem suas atividades diárias. Até que isso aconteça, eles são lentos e vulneráveis. A melhor maneira de ganhar calor e resolver esse empecilho é tomando um banho de sol, que pode ser um problema se forem avistados por predadores.

Um lagarto que consegue fugir facilmente dos predadores possui um apelido muito curioso : “lagarto Jesus”. Ele descansa em galhos ou arbustos próximos de pequenos lagos ou riachos, quando se sente ameaçado ao invés de fugir para a floresta como seria esperado de qualquer outro lagarto, ele pula e corre na superfície da água, ganhando segundos preciosos para escapar enquanto o predador tenta entender o que acabou de acontecer. Isso acontece por uma combinação de anatomia e velocidade.

Este lagarto possui patas traseiras com dedos longos, dotados de uma estrutura semelhante a uma franja, que se desdobra ao atingir a água e cria bolhas de ar que dão sustentação ao lagarto. Durante a corrida, seus pés se movem com força e rapidez tão grandes que eles nunca afundam mais do que alguns centímetros.

Um humano precisaria correr a 104 quilômetros por hora para conseguir essa façanha.

Diante da curiosidade desta espécie de lagarto as crianças fizeram uma linda colagem e desenho sobre este animal tão fascinante!

Professora Nathalye

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...